Mensagens de:

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Mestra Nada - A liberdade da luz


Mestra Nada -  A liberdade da luz



Olá Mestra Nada, sou grata por sua assistência, senti também todos os mestres e raios que lembrei, todos unidos ao grande Eu Sou pulsando luz e cores de diversas maneiras por todo planeta.

Que bom que percebeu minha proposta de liberdade, apenas sentiu e deixou fluir sem se importar se havia alguma lógica... foi muito bonito de ver energias em aspirais descendentes e ascendentes, cores em forma de vapor, água, chama, luz. Você também brilhou como o sol e nos unimos neste grande matiz de formas e cores, impulsionando nossa energia pelo planeta como um imenso radar de luz se espalhando em impulsos.
Liberdade foi a palavra do dia, apenas seguir o seu sentir, o impulso de seu coração a inflar de amor, luz e alegria, a mente vai junto, mas não dita regras. 
O amor é assim ilimitado e sem regras, não diferencia nem classifica poderes, não há micro nem macro, muito nem pouco, é só o meio, a aceitação de tudo como é, como vier e como será, sempre notando o brilho da perfeição.
Aceite a perfeição em tudo que já tem, em tudo que és, retire a classificação de certo e errado, bom ou ruim, veja a perfeição e o amor em tudo e todos. Aceite o que não lhe agrada e veja perfeição nele: Ame, Aceite, Perdoe, liberte e seja livre para experimentar algo melhor. Aceite que o que considerava erro tornará o acerto muito mais luminoso e perfeito, pois você teve a magnífica oportunidade de experimentar o outro lado daquela perfeição.
Focando sua atenção na perfeição de tudo, atrairá mais luz para o que realmente quer vivenciar, foque no que quer e estará criando novidades ainda mais alegres para sua vida, realizações de sonhos.
Perceberá que improvisa junto com o universo enquanto aceita e deixa fluir as coisas como são e como vem para suas mãos, você confia na perfeição e vê cada vez mais perfeição em tudo, pois entende que focar no bem é o único controle que pode ter na vida, um controle super improvisado e cheio de sincronicidades lindas do universo.

Tudo está bem! Agora Eu Sou quem Eu Sou, me jogo neste magnífico rio da vida que me leva não sei para onde, mas confio neste fluxo deste rio, pois sinto a luz de sua perfeição me acolhendo, me levando e me abraçando. Sinto que Eu Sou o rio, Eu Sou a Vida, Eu Sou o universo fluindo e girando livre sem regras nem conceitos, eu sinto o amor que me faz chorar de emoção agora... ao perceber tanto amor do universo, dos mestres e da amada mestra Nada. Sou grata e estou feliz por te amar tanto, sinto que ao te amar estou amando a mim mesma, pois sei que Somos Um.
Sou Um com Deus, com a vida, com o amor fluindo, com tantos e tantos mestres e seres de luz, Somos Um, seres luminosos e criadores deste lindo universo.
Abraço minha pequena vida assim como abraço a todas as vidas deste universo, não classifico mais, pois Sou o Todo, e simplesmente sem um ínfimo pedaço deste todo, já não seria mais o Todo... todos os pedaços do Todo são infinitamente importantes, Somos Um, unidos em luz ... Somos Deus.
Querida mestra me alonguei pois um poema de luz gritava dentro de mim.

Em mim também querida esqueceu que somos um, a vida é tão bela que merece muitos poemas, músicas, danças, abraços, pinturas para tentar explicar tamanha beleza, tentar explicar a emoção de vossos corações, sintam livremente este amor que flui do universo, observem este maravilhoso leque de possibilidades e energias fluindo por vocês   

Eu Sou Mestra Nada e te abraço com minha luz... Onde abraçadas Somos um só ser.

3/10/16

Nenhum comentário:

Postar um comentário